Ex-Diretor da Petrobras delata propina à justiça e cita Renan Calheiros

Renan CalheirosSegundo Paulo Roberto Costa, ex-diretor da Petrobrás que fechou acordo de delação premiada, empresas ganhariam contratos em troca do pagamento de propina de 3% para deputados e senadores

Um dos negócios mencionados supostamente envolvendo Renan é um acerto com o doleiro Alberto Youssef para que o fundo de pensão dos Correios, o Postalis, com

CONTINUAR LENDO A NOTÍCIA