Penedense perde seu técnico em menos de 24h, e passa por maus bocados

As coisas andam muito mal para o Sport Club Penedense.

O time que até o momento só venceu uma partida no Campeonato Alagoano de 2016, amarga o desprazer em ter que jogar suas partidas dentro de casa em outra cidade, passa por um péssimo momento financeiro, e ainda por cima perde o técnico Alisson Dantas em menos de 24h após ter assumido.

Realmente as coisas não estão bem para o Alvirrubro de Penedo. No ano passado, era notório a insatisfação da grande parte dos torcedores ribeirinhos quando a diretoria, mesmo contra gosto de muitos, demitiu o técnico Evanilson Nunes, prata da casa e que garantiu o acesso à primeira divisão do Alagoano, para contratar o técnico Everton Câmara. O Presidente do Clube afirmou por diversas vezes o grau de amizade que tinha com o técnico de fora, e ainda declarou que Câmara iria fazer um excelente trabalho no Penedense, pois confiava em seu trabalho e em sua experiência. Mas ele não contava com a desistência de seu ‘amigo’ que ABANDONOU o clube ribeirinho para treinar o time de Estância de Sergipe. Após abandono, a diretoria então contratou o jovem treinador Alisson Dantas, que ao chegar na cidade, viu de perto toda a estrutura do clube, sua situação de risco no campeonato e principalmente se deparou com o atraso de salários dos jogadores. Devido a isso, o treinador achou por bem recuar, e agradecer pelo convite de comandar o Penedense neste meio de campeonato.

Com todas estas desistências, quem deverá treinar o clube interinamente, é o ex-jogador do Penedense, Robinho, que no ano passado foi o auxiliar técnico do professor Evanílson Nunes. O time enfrentará o Murici neste