Usa internet banking? Seus dados bancários podem ser roubados; entenda

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  


SÃO PAULO – Os brasileiros que utilizam o internet banking pelos smartphones estão sujeitos a ataques de hackers, aponta o Kaspersky Lab. Com cada vez mais bancos adotando os serviços digitais, os criminosos estão utilizando o SmiShing, phising através do SMS, e registrando novos domínios para os ataques.

Para isso, eles contratam serviços de SMS em massa se passando por instituições bancárias, informando um suposto bloqueio de contas ou cartões; normalmente, fazem isso utilizando cartão de crédito clonado e encontram os telefones das vítimas no mercado negro.

O que os hackers fazem é preparar versões móveis das páginas de bancos, com domínios semelhantes que são inclusive promovidos no Google – e, assim, se tornam o primeiro resultado da busca. Assim, eles forçam a vítima a acessar esse site pelo navegador do celular para resolver o problema, informado no SMS, e conseguem seus dados bancários e senhas.

As páginas dos sites falsos são quase idênticas às dos portais verdadeiros, nas mesmas cores e padrão. Um detalhe que mostra que o site é falto é o final .mobi no endereço da página. Por isso, fique atento a ele.

Uma pesquisa realizada pela B2B International apontou que apenas 56% dos usuários de internet banking em dispositivos móveis possuem software de proteção instalados – o que nenhum banco exige no smartphone, diferente do desktop. Além disso, os bancos utilizam uma autenticação simples para o acesso, o que também contribui para a vulnerabilidade do usuário.

CURTA NOSSA PÁGINA NO FACEBOOK E RECEBA INFORMAÇÕES NO SEU FACE



Matéria retirada do site Infomoney


  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •