Diretor Interino do SAAE Penedo explica aos vereadores aumento na tarifa de água

Francisco Sousa Guerra foi convidado para esclarecer sobre o aumento na taxa de água

Na sessão ordinária desta quinta-feira (30) na Câmara Municipal de Penedo, o Diretor Interino do SAAE Penedo, Francisco Sousa Guerra, atendeu ao convite dos vereadores penedenses para esclarecer sobre um assunto polêmico, o aumento da tarifa de água do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Penedo. Funcionários do SAAE compareceram em massa para não só ouvir as explicações do responsável como também para apoia-lo.

Usando a tribuna da Sala de Sessões Sabino Romariz, Dr. Tico, como também é conhecido, agradeceu pelo convite de esclarecer alguns pontos que, segundo alguns vereadores, não ficou totalmente claro quanto o aumento de 16% dado no início deste ano. O diretor do SAAE então fez uma apresentação mostrando balancetes de despesas e receitas da autarquia que demonstraram um saldo no final de 2016 de pouco mais de 4 mil reais que, segundo ele, é um valor muito pequeno para uma empresa do porte do SAAE, já que só de energia elétrica gasta-se mais de 115 mil reais mês.

Francisco Sousa Guerra também usou de um projetor para mostrar fotos e dados aos vereadores de como estão as condições de maquinários quer servem tanto para distribuição como também de filtragem da água. Dr. Tico fez questão de frisar que em nenhum momento existiu má gestão de seus antecessores, mas que os equipamentos estão obsoletos e precisam ter uma manutenção mais adequada e alguns serem trocados por novos.

SOBRE O AUMENTO DE 16%

O Diretor Interino mostrou um relatório onde mostra claramente que a maioria da população penedense ainda é de “tarifa mínima” e justificou que houve uma grande preocupação para aumentar o mínimo possível para que não houvesse grandes prejuízos aos consumidores. Francisco Sousa Guerra comparou a tarifa de água de outras empresas. A CASAL de Piaçabuçu por exemplo, município vizinho a Penedo, cobra uma tarifa mínima de R$40,00 para os consumidores piaçabuenses. Já em Penedo o valor é de apenas R$28. Outra questão citada foi o aumento da tarifa de energia elétrica que afeta diretamente a autarquia.

ISENÇÕES

Outro assunto discutido no plenário pelo diretor interino foi o alto número de isenções. Segundo o mesmo, o SAAE sofreu com as isenções como a que a Câmara de Penedo, na legislatura passada, aprovou um projeto de lei que desobrigava prédios públicos de pagarem tarifa de água, dando margem para desperdício do líquido distribuído. Devido a isso, o diretor ressaltou que fará uma fiscalização maior nos prédios administrados pelo município para detectar vazamentos e desperdícios que oneram a autarquia, podendo até mesmo realizar corte da distribuição da água até que solucionem o problema.

CORPO TÉCNICO

Em sua fala, o diretor ressaltou a grande equipe que faz parte do SAAE, onde divide a gestão com um corpo técnico de servidores efetivos que o auxiliam para melhor gerência na autarquia. Dr. Tico fez questão de agradecer a todos os funcionários pela ajuda que está tendo neste desafio de assumir, mesmo que interinamente, um órgão tão importante como esse.

VEREADORES PARTICIPAM

Os vereadores de Penedo participaram ativame