Rio transborda e deixa duas escolas sem aulas São Cristóvão


As escolas municipais Adilma Lima e Frei Fernando, localizadas na Rua Félix Pereira, em São Cristóvão, não terão aulas nesta segunda-feira (20). A informação foi confirmada pela secretária de Educação Deise Dias.

O Rio Paramopama transbordou, na madrugada de sábado (18), devido a forte chuva que atingiu a cidade de São Cristóvão, na Grande Aracaju.

O Rio Paramopama transbordou, na madrugada de sábado (18), devido a forte chuva que atingiu a cidade de São Cristóvão. (Foto: redes sociais)

As atividades foram suspensas devido à forte chuva na madrugada de sábado (18), que alagou as unidades escolares e prejudicou parte da estrutura, causando alagamentos.

Em contato com  o SE Notícias, a secretária confirmou a situação e informou que equipes da secretaria de Serviços Urbanos estão mobilizadas para tentar adequar as condições das escolas, de modo que estejam disponíveis para utilização na terça-feira(21).

 Com a força da água, formaram-se poças de lams onde ocorrem as aulas. (Foto: redes sociais)

Com a força da água, formaram-se poças de lamas onde ocorrem as aulas. (Foto: redes sociais)

A chuva, durante a madrugada, também causou estragos e alagamentos no Jardim Universitário, Arame, Rosa Elze, Rosa Maria, Enseada, Rua Graccho Cardoso e no Conjunto Maria do Carmo III.

O prefeito de São Cristóvão, Marcos Santana visitou todas comunidades que foram atingidas pelas fortes chuvas.

Para avaliar os problemas imediatamente e colocar a prefeitura nas ruas para procurar alternativas emergenciais, Marcos Santana convocou todos os secretarias municipais e a Defesa Civil criando assim o Gabinete de Situação – forma de levantar os transtornos causados pela enchente, já empregando ações emergenciais, que minimizem os efeitos das chuvas. Entre os diversos pontos críticos mapeados, já se registrou que uma casa (localizada no Beco do Beiju) ficou parcialmente destruída, porém, a secretária de assistência social e do trabalho, Fernanda Santana e sua equipe já esteve na residência dando total apoio a família.

Segundo o coordenador da defesa civil do município, Luciano Silva Santos, a situação foi normalizada. “As áreas inundadas foram desobstruídas e as encostas que apresentaram preocupação estão estabilizadas. Percebemos que muitos problemas encontrados nessas áreas inundadas aconteceram decorrentes do lixo, que as pessoas jogaram em lugares inapropriados. Em nossas visitas encontramos sofás, lavanderia até uma geladeira descartados de maneira errada nas margens dos rios. Tudo isso impede o escoamento das chuvas. Amanhã teremos mais detalhes após o fechamento dos nossos relatórios”, disse.

Nesta segunda-feira, 20, todos os secretários de São Cristóvão participarão de outra reunião para avaliar os últimos dias. Vale pontuar ainda que a secretaria da saúde começará amanhã (segunda-feira, 20) uma série de visitas à população atingida, verificando possíveis ocorrências de problemas de saúde nas pessoas. A secretaria de serviços urbanos também já intensificou os trabalhos para que ruas e avenidas da cidade fiquem totalmente sem lixo.

Logo-fone-1-2-1-2-4

Acompanhe o SE Notícias no Twitter, Instagram e no Facebook

Redação SE Notícias, com informações da Ascom/PMSC

Fonte: SE Notícias