Esse cão mostrou que existe amor no mundo ao deitar nos trilhos do trem para proteger sua companheira ferida por dias


O amor não tem idade, gênero e, muito menos, raça. Algumas coisas que acontecem nos dão um pouco mais de gratidão com o mundo que vivemos.

A fidelidade de animais com humanos nunca pode ser contestada, mas a fidelidade deles com seus companheiros de espécie é realmente linda.

Um exemplo lindo disso foi a história do casal Lucy e Panda. A cadelinha se machucou e ficou deitada por dois dias na linha do trem, em meio a neve, na Ucrânia, sem conseguir se mexer. Sua companhia nesses dias foi o parceiro que não saiu de perto um minuto.

O casal foi encontrado por Denis Malafeyev, que publicou um vídeos nas redes sociais, que mostra Panda deitado ao lado de Lucy enquanto um trem passa sobre eles. Olha só esse momento:

.

Denis disse que o cão se arriscava ao lado de sua companheira a cada trem que passava. Ele também a aqueceu durante os dias naquele lugar frio e latia para os esquisitos que se aproximavam deles.

“Eu não sei como chamar isso: instinto, amor, amizade ou lealdade”, redigiu.

.

Para ele, e para nós, nem todas as pessoas fariam o mesmo. Os dois amores foram resgatados, encaminhados para tratamento e levados a um abrigo, enquanto Denis procurava seus donos.

De acordo com o jornal Daily Mail, eles foram finalmente localizados. Que bom! O amor é incrível e forte em qualquer espécie!

Foto: Reprodução