Após empate, Rueda pede Flamengo com outra postura na Sul-Americana: “precisa guerrear”


Equipes jogam por uma vitória simples na próxima semana para acançar na competição

O Flamengo iniciou sua caminhada nas oitavas de final da Copa Sul-Americana com um empate em 0 a 0 com a Chapecoense, na Arena Condá, na noite desta quarta-feira (13). O Rubro-Negro não criou muitas oportunidades e acabou sendo pressionado pela Chape, principalemente na segunda etapa.

O atacante Guerrero, após o apito final, analisou o desempenho do Mengão. “Acho que eles tiveram chances, nós igualmente tivemos chances. Mas é bom não tomar gol, sempre jogar como visitante não tomar gol é relevante. E agora é decidir em casa, restam 90 minutos para jogar. O relevante agora é concentrar e trabalhar bem para na próxima quarta decidir o jogo em casa”, disse.

Já o técnico Reinaldo Rueda disse que o Flamengo precisa saber “guerrear” em partidas Sul-Americanas. “Nos falta muito. Essas partidas de Sul-Americana, às vezes são para guerrear, e o Fla quer jogar bonito sempre”, explicou. “Partidas internacionais, às vezes não se joga, se compete. E o Flamengo tem que diagnosticar isso”.

Juan I Flamengo Chapecoense I 13 09 17
(Foto: Nelson Almeida I Getty Images)

“Jogo bonito para plateia é quando estiver 6 a 0. Com o placar 0 a 0, temos que guerrear”, completou.

Rueda, no entando, entendeu que o empate na Arena Condá não foi de todo o mal. “Do ponto de vista analítico, foi um bom resultado. É um jogo de 180 minutos”, finalizou.

O jogo de volta entre Flamengo e Chapecoense está marcado para a próxima quarta-feira (20),  às 19h15, no estádio Luso-Brasileiro. As equipes entram em campo precisando de uma vitória simples para acançar. Já o empate com gols dá a vaga à Chape. Caso o 0 a 0 se repita, a decisão será nas penalidades. 


VEJA igualmente:


Curta e fique informado de mais notícias

Fonte: Goal.com