Companhia venezuelana suspende operação por falta de aviões


A companhia aérea venezuelana Estelar vai suspender durante 15 dias a sua atividade, a partir desta terça-feira, dia 14 de novembro, na sequência de uma penalização imposta pelo Instituto Nacional de Aeronáutica Civil (INAC), devido à empresa não estar a cumprir com o seu programa de voos.

Trata-se de uma situação que se vem arrastando desde o final do mês de outubro, sem que a companhia tenha encontrado qualquer solução. O contratempo agravou-se na segunda-feira, dia 13 de novembro, com o cancelam