Por que os semáforos no Japão são azuis e não verdes


Todos nós estamos acostumados a ver as mesmas cores nos semáforos em cruzamentos ou quando atravessamos a rua. Semáfaros são tão corriqueiros em nossas cidades que nós, automaticamente, supomos que o vermelho e o verde são usados em qualquer outro lugar do mundo para o mesmo fim. No entanto, no Japão, em vez de usar  a luz verde, eles usam o azul. Gostaria de saber por quê?

A resposta está relacionada com as diferenças entre os idiomas. Na verdade, línguas distintas podem implicar diferentes maneiras de se ver a realidade. Assim, uma língua pode se referir às cores de modos diferentes. Por exemplo, em algumas línguas, como o russo e o japonês, existem palavras diferentes para azul-claro e azul-escuro: esses tons são tratados como duas cores distintas. Por outro lado, outros idiomas usam a mesma palavra para o verde e para o azul, como é o caso do japonês. Embora haja agora termos distintos para o azul e verde, em japonês arcaico a palavra “ao” era utilizada para ambas as cores.

traffic

Salaryman / Shutterstock.com

No japonês moderno, “ao” refere-se ao azul, enquanto a palavra “midori” significa verde. Oficialmente, a cor representada nos semáfaros, que permite que você atravesse na faixa, é chamada “ao”, mesmo quando as luzes são verdes. Isso representa um enigma linguístico.

Desde a sua criação em 1968, durante Convenção de Viena Sobre Trânsito Viário, o tratado internacional que visa a padronização de semáforos foi assinado por dezenas de países. O Japão não assinou este acordo, mas o país, no entanto, passou a utilizar uma sinalização internacional.

traffic2

Travel Wild / Shutterstock.com

Desde 1973, o governo japonês decretou que as luzes de tráfego deveriam ser verdes. Elas além disso pode