Henrique Dourado abre o jogo: ‘Hoje, a minha vontade é sair’


​Depois da primeira partida do Fluminense na temporada, contra o PSV-HOL, pela Florida Cup, nesta sexta-feira (12), no Estados Unidos, que terminou empatada em 1 a 1, com vitória dos holandeses por 5 a 4 nos pênaltis, o atacante Henrique Dourado abriu o jogo e afirmou que deseja deixar o Tricolor.

O maior regional do Brasil está de volta! Não quer perder nada da Copa do Nordeste? Então, clique aqui, assine o Esporte Interativo Plus por apenas R$9,90/mês e assista aos jogos AO VIVO! Dá só R$0,33/dia!

Hoje, a minha vontade é sair. Porque eu estou esperando algumas situações. Já passei para quem deveria. Vocês irão saber. Agora não cabe a mim ficar apontando dedo. Espero que se resolva”, disse o Ceifador.

Antes do jogo, o técnico Abel Braga demonstrou confiança na permanência do Ceifador. O treinador tricolor deu a braçadeira de capitão ao camisa 9 e comentou a possível saída dele para o Corinthians.

“Até agora as coisas estão correndo da melhor maneira possível, dentro da normalidade. Estamos seguindo o protocolo. Ele está trabalhando. Já estava definido que ele seria o capitão. Nada aconteceu até agora”, explicou Abel ao “Sportv”.

Confira outras respostas “da entrevista coletiva de Henrique Dourado:

Motivos para deixar o Fluminense

Antes de eu tomar qualquer decisão, conversei e procurei primeiro o Abel. Estou sendo profissional. Já passei a minha vontade, mais para frente vocês vão saber o porquê. Meu desejo eu deixei bem claro para a diretoria. Não posso antecipar as coisas, tenho que deixar as coisas acontecerem. Eu sei que a torcida tem um carinho especial por mim, mas acontece algumas coisas que temos que superar durante o ano que ninguém sabe. Foi uma conversa muito franca. Sou um cara muito profissional. Espero que se resolva. Que seja bom tanto para mim, quanto para o Fluminense. Poderia tomar algumas medidas que não é da minha índole. Eu optei em ser homem. Estou dando a tapa. Não tem coisa melhor do que você ter peito e falar a verdade, aquilo que você sente”.

Sobre outros entrarem na Justiça

Cada um faz aquilo que acha que tem direito, que acha que irá ajudá-lo. Tenho pensamentos diferentes. Espero que se resolva o mais rápido possível. Sei que tenho contrato, sei que todos estão esperando uma resposta por isso. Agora é sentar e conversar. Ver o que vai ser melhor para mim e para o Fluminense”.

Relação com Abel Braga

A relação com o Abel continua a mesma. É um cara que entende o lado profissional. Ele igualmente me colocou algumas coisas. Levo algumas coisas em consideração do que ele me passou e espero que isso se resolva. É chato ficar falando disso. O que a gente passou ano passado é complicado, não quero passar por isso de novo”.

fsbfsd

Clique aqui para assinar!

Curta e fique informado de mais notícias

Fonte: Esporte Interativo

Facebook Comments