Início / Entretenimento / Homem e mulher são condenados por assassinato de funcionário da Band

Homem e mulher são condenados por assassinato de funcionário da Band

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Os suspeitos de matar o ex-coordenador de informática da Band Santa Catarina, Jean Carlos Decker, no dia 7 de agosto de 2013, foram condenados em júri popular na madrugada desta sexta-feira (31).

Na época, ele foi encontrado morto em casa, na cidade de Biguaçu, no interior de Santa Catarina, e teve a moto roubada.

Segundo o site de notícias da Globo, o Tribunal de Justiça informou que Adriana da Silva Decker, então esposa de Jean Carlos, pegou pena de 21 anos de prisão em regime inicialmente fechado. E o músico Alan Rodrigues Nunes, que confessou ter tido um relacionamento com Adriana, foi condenado a 18 anos de prisão também em regime inicialmente fechado.

A dupla foi condenada pelo crime de homicídio qualificado mediante recompensa. Jean Carlos foi morto com um tiro na cabeça. As investigações apontaram que ele foi assassinado assim que a esposa saiu para o trabalho, por volta das 6h da manhã. O crime foi descoberto apenas no início da noite, quando Adriana retornou para casa com os dois filhos do casal. O funcionário da Band desconhecia a relação dos dois.

Segundo a denúncia do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), a mulher pretendia romper o relacionamento, mas, como viu que poderia ter prejuízo financeiro com o divórcio pela partilha de bens, planejou o homicídio com o amante.
 

Fonte: UOL.com.br

Comentários


  •  
  •  
  •  
  •  
  •