Início / Tecnologia / Brasil quer que países do Mercosul cobrem impostos de hospedagens oferecidas no Airbnb

Brasil quer que países do Mercosul cobrem impostos de hospedagens oferecidas no Airbnb

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

No mundo da economia compartilhada, qualquer pessoa pode alugar seu imóvel ou mesmo um quarto em sites como Airbnb ou AlugueTemporada. Isso pode ser um bom negócio para quem precisa de hospedagem: normalmente são mais baratos que diárias de hotéis e você pode ter o conforto de uma casa enquanto estiver viajando. Só que esse tipo de viagem pode ficar mais caro: o governo está na mira desses sites e quer que você pague impostos sobre esses serviços.

airbnb

Conforme informações levantadas pelo jornal O Globo, o presidente da Embratur, Vinícius Lummertz, afirmou que o Brasil propôs ao Mercosul uma moção para que o bloco avalie a comercialização digital do turismo, e o texto foi aceito pelo Paraguai, Uruguai, Argentina e Chile.

Os países do Mercosul não seriam os primeiros a tributar o aluguel de temporada: diversas cidades e distritos dos Estados Unidos, Holanda, Índia e França recolhem impostos de turismo, variando de 75 centavos de euro por dia até 14,5% do valor total da locação.

É certo que esse tipo de hospedagem assusta o setor hoteleiro. A Embratur reconhece a importância do Airbnb para a Copa do Mundo realizada no ano passado e as Olimpíadas que acontecerão em 2016: são mais de 80 mil leitos oferecidos no Airbnb na cidade do Rio de Janeiro, praticamente a mesma quantidade oferecida pelos hotéis tradicionais.

Essa matéria é do site TecnoBlog.
Para acessar mais matérias como essa, visite:www.tecnoblog.com.br

Comentários


  •  
  •  
  •  
  •  
  •