Foi divulgada a real história de elementos que alugaram um táxi da cidade de Penedo para tentar matar empresário na capital sergipana.

alagoanos presosA Polícia Militar do Estado de Sergipe, através da 1ª Companhia do 8º Batalhão de Polícia Comunitária (1ª Cia/8º BPCom), prendeu em flagrante Jonny Jesus de Oliveira Santos, de 23 anos, Renidy Sacramento dos Santos, de 18 anos, Gielson de Almeida Rodrigues, de 19 anos, e sua irmã, uma adolescente de 17 anos, acusados de tentarem cometer homicídio contra um comerciante em ocorrência registrada no Centro comercial de Aracaju. Com o grupo, a PM apreendeu três armas de fogo.

A ação ocorreu por volta das 17h30 de ontem, 27, quando uma equipe do 1ª Cia/8º BPCom, ao efetuar o policiamento na Rua José do Prado Franco, nas proximidades do Mercado Albano Franco, ouviu o barulho de tiros deflagrados e transeuntes correndo em sentido oposto aos policiais, na referida via. Após diligências, os militares encontraram um indivíduo alvejado com três tiros no tórax, em frente ao seu estabelecimento comercial.

Ao averiguar o ocorrido, os policiais receberam a informação de que a tentativa de homicídio havia sido efetuada por quatro indivíduos, de posse de armas de fogo, que teriam empreendido fuga em direção ao mercado Albano Franco.

Após várias diligências, os policiais militares efetuaram a prisão dos quatro envolvidos, que estavam no interior de um veículo. No procedimento de abordagem, foram apreendidos três revólveres calibre 38, com 16 munições, sendo quatro delas deflagradas. Ainda no local, a quadrilha confessou a autoria do crime, alegando que teria sido motivado por vingança.

Segundo o acusado Gielson, a vítima identificada como o comerciante Alceu, seria o autor de um homicídio praticado contra seu irmão, falecido no ano passado na cidade de Penedo, em Alagoas. “Alceu matou meu irmão no ano passado. Ele é um homicida, foragido da Justiça por esse crime. Eu atirei mesmo, atirei para me vingar da morte do meu irmão”, declarou Gielson.

Por: NENotícias