Pmal em mczTrês jovens morreram após um tiroteio, no início da manhã desta terça-feira (30), na Grota do Cigano, localizada no bairro do Jacintinho, em Maceió. Segundo a polícia, dois jovens morreram ainda no local e o terceiro morreu a caminho do Hospital Geral do Estado (HGE). Moradores da grota que não quiseram se identificar disseram à reportagem do G1 que os jovens foram atingidos por tiros disparados pela polícia.

A versão da polícia é que os garotos já estavam mortos quando os militares chegaram no local. De acordo com informações do capitão Santiago, do Batalhão de Policiamento Escolar (BPE), houve uma troca de tiros no início da manhã que resultou na morte dos jovens, mas a equipe só soube do caso após ser acionada.
Erick da Silva Lopes, 19, e o adolescente Carlos Henrique da Silva, de 13 anos, morreram no local. “Um dos jovens, conhecido apenas como ‘Luquinha’ foi levado para o HGE pelos moradores da grota, mas morreu no caminho do hospital”, disse.
Ainda segundo o capitão, cerca de 80 policiais estão na grota. Mais cedo, os moradores não estavam permitindo que a polícia tivesse acesso ao local.

“Militares do Bope [Batalhão de Operações Especiais] e da Radiopatrulha estão no local para tentar controlar a situação”, explicou.
Os institutos Médico Legal (HGE) e de Criminalística (IC) foram acionados para realizar os procedimentos necessários, mas ainda não chegaram no local.

Vandalismo
Após as mortes, alguns moradores da grota, revoltados, sairam às ruas assutando comerciantes. Eles fecharam a Rua Coronel Paranhos. Um açougue foi invadido e teve vidros e materiais quebrados. Lojistas da região fecharam as portas temendo a ação dos mortadores. A situação foi controlada depois da chegada do reforço policial.

Fonte: G1/AL