O diálogo ainda é a melhor saída para buscar dirimir problemas. Desta forma que o governo Marcius Beltrão trabalha desde o primeiro dia que assumiu o Executivo de Penedo. Problemas, todas as administrações estão enfrentando, até pela redução dos repasses do Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Mas, isso não quer dizer que os compromissos não serão honrados.

Prefeitura de Penedo - Foto: BoaInformacao.com.br
Prefeitura de Penedo – Foto: BoaInformacao.com.br

Com o impasse gerado pelo atraso no repasse ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo (Sindspem), houve prejuízos, a partir da ação de bloqueio das contas do município. À medida que culminou com o bloqueio, também impediu a movimentação de recursos para pagamento de salários dos garis. Foram causados danos para todos.

Porém, com o trabalho da Procuradoria Geral do Município que conseguiu desbloquear as contas com uma ação no Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ/AL) e o entendimento com sindicado dos servidores, tudo foi resolvido.

“Sempre buscamos resolver as dificuldades com o diálogo. Sentando com todos os envolvidos, soluções surgem. E este com o Sindspem, com muito trabalho e diálogo, foi solucionado. Estávamos com o repasse em atraso referente há um mês. Com o bloqueio das contas, somou mais um. Mas, enfim conseguimos repassar os dois meses em atraso. Todo o passivo que estava pendente com relação a minha administração, quitamos”, garantiu o prefeito de Penedo, Marcius Beltrão.

Quitado os dois meses em atraso como Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Penedo (Sindspem), algo em torno de R$ 517 mil, todos os convênios foram retomados com o comércio local. Ficando apenas o repasse do mês vigente. Este ainda está dentro prazo para que ocorra o depósito.

Fonte: Assessoria PMP