Câmara de Penedo (Casa de Aposentadoria)Nesta sessão extraordinária que aconteceu na tarde desta terça-feira, 9 de novembro, na Casa de Aposentadoria, foram definidos os membros que irão compor a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Penedo para o biênio 2015/2016.

A eleição foi bastante tumultuado devido a suspensão de todas as chapas que concorriam aos cargos no momento da sessão parlamentar que iria definir os novos membros. Tudo isso devido a falhas nas chapas de Manoel Messias Lima (Messias da Filó) e Armando Lima (Mano da Caçamba) para respectivamente 1º e 2º secretários, e Dr. Raimundo com Lúcia Barbosa para os mesmos cargos.

A do Dr. Raimundo e Lúcia Barbosa continha falta da assinatura da vereadora na autorização da candidatura. Lúcia não havia assinado o termo de consentimento como candidata – fato impeditivo – e, com a nova inscrição de uma segunda chapa com Armando Lima e Manoel Messias Lima invertendo-se na escolha para os cargos e 1º e 2º secretários, anulava de forma regimental as duas proposituras. O regimento não permite que as mesmas pessoas – vereadores – postulem os mesmos cargos em duplicidade.

Após análise da assessoria jurídica da casa, o Presidente Alcides Andrade Neto (Cidoca) resolveu então indeferir as mesmas, polemizando a já polemizada sessão.

Na continuação da sessão, após protocolada a renúncia do vereador Manoel Messias Lima, foi então aberto espaço para as novas inscrições, e por meio de erro Crasso, a chapa encabeçada pelo Dr. Raimundo fez apenas a inscrição da vereadora Lúcia Barbosa para 2ª secretária não se fazendo também a inscrição do Dr. Raimundo como pleiteante à vaga de 1º secretário, gerando a nulidade da chapa. O fato foi alertado pelo senhor presidente, vereador Alcides dos Santos Andrade – Cidoca, que ainda proporcionou um tempo de quinze minutos para que se fizesse a retificação, o que não foi aceito pelos membros da oposição. Ossos do ofício.

Com apenas uma chapa corretamente inscrita, desta feita com os nomes dos vereadores Armando Lima e José Vormil de Vasconcelos, o presidente procedeu à votação tendo como resultado a seguinte votação: Armando Lima e José Vormil de Vasconcelos seis votos, e seis votos nulos da chapa de oposição.

Então foram declarados pelo senhor presidente, Antônio de Figueiredo Barbosa Júnior e Nem Batista respectivamente para os cargos de presidente e vice-presidente, e, Armando Lima (Mano da Caçamba) e José Vormil  de Vasconcleos (Biu Idalino), respectivamente para os cargos de 1º secretário e 2º secretário, para o biênio 2015/2016.

Com informações do Correio do Povo