“A culpa é da imprensa”, geralmente essa frase é usada por pessoas que gostam de tirar o foco do problema e atacar o meio de comunicação que só informa a população.

Samyra Show se apresentando no Penedo Mix neste último sábado (10). Foto: Boainformacao.com.br
Samyra Show se apresentando no Penedo Mix neste último sábado (10). Foto: Boainformacao.com.br

Na sexta-feira (9) a Grande Rio FM publicou em seu site e divulgou em sua rádio, uma informação concreta em que não haveria o evento Penedo Mix Festival devido a liberação do Corpo de Bombeiros. Isso causou uma polêmica na cidade ao ponto de fãs das bandas começarem a duvidar da credibilidade da rádio, pois só ela tinha divulgado essa informação. A reportagem do Boa Informação foi acompanhar de perto e não só constatou a placa de interdição no campo como também teve a oportunidade de entrevistar o Cap. Manoel do Corpo de Bombeiros (Leia aqui).

Os organizadores do Penedo Mix não só não cumpriram com as exigências do CBM como também ignoraram o ato de interdição e realizaram o evento. Na sexta-feira a noite, no intervalo de uma banda para outra, um dos produtores do evento subiu ao palco para falar sobre o ocorrido e atacar a imprensa. O produtor alegou que a interdição era um boato e que quem tinha credibilidade em Penedo somente era a Penedo FM e site AquiAcontece. No final de sua fala, o produtor atacou um redator de site por uma matéria que, segundo ele, continha vários erros de ortografia. É lamentável que o mesmo tenha esquecido os deles, pois no momento que ele falou um “Agente Somos” o público foi a gargalhada inclusive vaiando o mesmo por alguns segundos.

Não só exigências do Corpo de Bombeiros não foram cumpridas

Na semana do show, um dos organizadores foi à rádio Farol Melodia FM falar sobre o Penedo Mix. Um ouvinte entrou no ar para tentar um esclarecimento sobre a venda de cerveja, pois segundo ele estava sabendo que o valor da latinha seria de cinco reais. O produtor ficou surpreso e disse que quem falou para o ouvinte era um mentiroso, pois seria abaixo disso. Infelizmente o produtor não cumpriu sua palavra e o preço realmente da cerveja foi de cinco reais, e o que é pior, uma garrafinha de água mineral custava R$4,00 na sexta e R$5,00 no sábado.

Na frontstage era visível invasões de pessoas que estava na pista e pulava a grade para ir para frontstage. A iluminação do Camarote VIP também deixou a desejar e a maioria do público preferiu ficar na frente do palco do que na estrutura montada ao lado do palco. Falaram que seria totalmente proibida a entrada de qualquer objeto cortante dentro do evento, porém o bar vendia uísque lacrado para qualquer pessoa, e muitas garrafas foram encontradas no campo após o término dos shows, fato esse que em uma provável briga a garrafa poderia ser usada como arma e ferir mais pessoas.

Por fim, acreditamos que o público esperado não foi o que os organizadores esperavam. Alguns camarotes vazios, e na pista o número de pessoas não passava do meio do campo. Talvez atrações que se apresentaram na cidade a um ano atrás não tenha feito com que mais pessoas fossem ao Penedo Mix.

O site Boa Informação em nenhum momento usou de má fé para atacar o evento, evento este que só engrandece a cidade no que se diz ao entretenimento, porém não podemos omitir fatos relevantes para sociedade, como era o caso da provável não realização do Penedo Mix Festival e de alguns erros cometidos pelos organizadores durante a festa. E sobre a nossa credibilidade colocada em cheque, o povo de Penedo nos conhece e confiam na nossa credibilidade, não é ninguém de fora que irá dizer o que somos.