Projetos aprovados pelo Ministério das Comunicações são para Penedo e Santana do Ipanema.

A Universidade Federal de Alagoas concorreu, em 2012, a dois editais do Ministério das Comunicações (Minicom)

Gestão discute encaminhamentos sobre aprovação de dois projetos de rádio para Ufal
Gestão discute encaminhamentos sobre aprovação de dois projetos de rádio para Ufal

para criação e a instalação de emissoras de rádio educativas. Três anos depois, veio a boa notícia: a Ufal conseguiu ter aprovadas as concessões para Penedo e Santana do Ipanema, municípios incluídos, à época, no Plano Plurianual de Outorga de Radiodifusão.

O professor Mac-Dawison Buarque já coordenava a pesquisa Direito e Radiodifusão no Brasil, voltada à implantação de um sistema de comunicação universitário de radiodifusão educativa, ligada ao Observatório Ibero-americano de Comunicação. Foi então que ele apresentou a proposta ao reitor Eurico Lôbo e à vice-reitora Rachel Rocha.

“Nossa pesquisa começou a partir de convênio assinado com a Universidade Autônoma de Barcelona. Nós estudamos o plano plurianual do Ministério das Comunicações e fizemos as propostas para os editais abertos, priorizando os locais onde havia a vaga e a Ufal estava instalada, daí o porquê de apresentarmos os projetos para Penedo e Santana”, explicou.

A partir de então, o reitor instituiu uma comissão para implantação do Sistema de Comunicação Universitário na Ufal. Coordenado pela vice-reitora Rachel Rocha, o grupo é composto por mais sete servidores: Mac-Dawison, Enildo Marinho, então diretor do Instituto de Ciências Humanas, Comunicação e Artes (Ichca), Simoneide Araújo, Luiz Paulo Mercado, Simone Cavalcante, produtora cultural, e José Edson Lino, diretor-adjunto do Ichca, à época.

O estudo coordenado por Mac-Dawison levou a Ufal a concorrer aos dois editais do Minicom. “O que nós fizermos, então? Aproveitamos os editais abertos, previstos no Plano Plurianual de Outorga de Radiodifusão, e colocamos a Universidade na disputa pelas concessões de rádio”, reforçou Mac-Dawison.

Fonte: ASCOM UFAL