Polícia diz que dois suspeitos reagiram a abordagem e foram baleados. Eles são suspeitos de matar agente da Polícia Civil no Village Campestre.

Dois homens morreram na madrugada desta segunda-feira (20) durante uma troca de tiros com policiais no bairro do Feitosa, em Maceió. Eles são suspeitos de matar o agente da Polícia Civil de Alagoas Carlos Alfredo de Oliveira Vanderlei, morto no dia anterior. Os dois foram levados para o Hospital Geral do Estado (HGE), mas já chegaram mortos.

A informação de que os homens eram suspeitos da morte do agente foi passada por policiais, mas a assessoria da Polícia Civil diz que aguarda confirmação oficial.

O policial morreu na noite deste domingo (19), após ser atingido por disparos de arma de fogo, no Conjunto Village Campestre, no bairro Cidade Universitária, na periferia de Maceió. Segundo a polícia, o agente estava de moto e descaracterizado quando foi atingido pelas costas. Vanderlei foi socorrido para o HGE, mas não resistiu aos ferimentos.

Após o crime, a polícia deu início a buscas pelos criminosos. Durante operações na cidade, dois suspeitos, identificados como Samuel e Rodolfo, foram baleados e morreram. Os homens foram levados para o HGE, mas, segundo o hospital, já chegaram ao local mortos. Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML).
Morte de policiais

Esta foi a terceira morte de policial neste mês. A primeira foi a do sargento da Polícia Militar Dietmarx José da Silva, que foi morto durante um assalto no dia 16, na cidade de Santa Luzia do Norte.

O outro crime aconteceu na noite do sábado (18) vitimando o agente da Polícia Federal, Ubaldo de Oliveira Melo Júnior, que morreu após reagir um assalto a um estabelecimento comercial na Santa Lúcia, em Maceió.

Fonte:G1/AL

Comentários