A reclamação é principalmente dos alunos que estudam em Penedo e que residem na Vila Operária da Passagem, da cidade de Neópolis em Sergipe.

Estudar não é uma tarefa das mais fáceis em se tratando de Brasil. Enquanto alguns países da Europa incentivam os estudantes tornando tarifas de transporte público gratuito para quem está estudando, em nosso país os alunos além de sofrerem com as altas cobranças das tarifas , ainda têm outros obstáculos a serem superados.

Lancha Penedo/Neópolis (Foto Cortesia: misscheck-in.com)
Lancha Penedo/Neópolis (Foto Cortesia: misscheck-in.com)

Exemplo são os sergipanos que estudam no período noturno nas faculdades da vizinha Penedo e têm que toda noite realizar a travessia de lancha para voltarem pra para suas casas.

Após um assalto que aconteceu em uma embarcação durante as festividades de Bom Jesus dos Navegantes de Penedo, proprietários das lanchas resolveram tomar uma medida de segurança que não agradou a muita gente.

A medida propõe que os últimos horários das lanchas que fazem a travessia Penedo / Neópolis, mais precisamente as das 22:30h, não mais irão realizar a parada na Vila Operária da Passagem por motivos de segurança.

O aviso não foi feito por forma escrita e sim verbal, pegando a maioria dos alunos e passageiros de surpresa. Com esta ação, muitas das pessoas estão tendo que largar mais cedo das unidades de ensino penedenses para consigam voltar para suas casas.

Estima-se que entre cinco a dez passageiros estão sendo prejudicados com a tal medida, mas vale salientar que a quantidade neste caso não é tão importante assim se tratando em educação.

A reportagem do site Boa Informação entrou em contato com a Agência Fluvial de Penedo para receber mais esclarecimentos, porém o único que poderia responder sobre este assunto não estava no local e só retornava na manhã do dia seguinte. O Boa Informação ainda tentou o contato do celular do responsável, mas não obteve êxito.

Da Redação