5 coisas estranhas que sua aparência pode revelar sobre você


Há um velho e famoso ditado que diz “a primeira impressão é sempre a que fica”, de modo que muitas vezes não podemos negar que essa primeira impressão está quase que sempre relacionada à aparência.

Entretanto, existem 5 coisas estranhas que sua aparência pode revelar sobre você – se você então achava que a aparência não era importante, talvez você mude este conceito com base nessa pesquisa -base, apoiada com outros estudos, conduzida pela Universidade de Austin, no Texas.

O estudo que analisou a foto de 123 estudantes em duas poses: na primeira, eles deveriam apenas olhar para a câmera com uma expressão neutra de modo que na segunda poderiam fazer a cara que quisessem para a câmera. Posteriormente, várias pessoas aleatórias foram convidadas a analisar as imagens e o curioso que muitos detalhes como extroversão, introversão, autoestima, espontaneidade etc., foram obtidos dos voluntários apenas pela observação das fotos.

Como de praxe, obviamente os rostos sorridentes foram classificados como amigáveis e confiáveis, de modo que as características de força e liderança foram associadas às pessoas de rostos mais largos. Entretanto, os pesquisadores se aprofundaram um pouco além no estudo e descobriram que alguns outros aspectos da aparência podem revelar informações inclusive sobre a saúde de um indivíduo. Veja quais são:

1 – Rugas na pele

Além do envelhecimento, as rugas podem ser um sinal de problemas cardíacos. Um estudo feito em 2012 estudou os braços de mais de 500 voluntários e a conclusão foi que dessas pessoas, as que tinham menos riscos dessas doenças eram as que pareciam pelo menos dois anos mais novas do que realmente eram.

Portanto, atente-se a esses detalhes e sinta-se profundamente elogiado quando alguém te disser que você parece ser mais jovem do que realmente é.

2 – Detalhes nos olhos

Dizem que os “olhos são as janelas para alma” e eles de fato podem fornecer muitos detalhes sobre o que ocorre do lado de dentro de uma pessoa – literalmente. Pontos vermelhos nos olhos podem indicar a presença de diabetes, uma vez que caso as correntes sanguíneas sejam muito largas nos olhos, é possível que a pessoa perca a visão.

Outros problemas neurológicos também podem ser diagnosticados a partir de como os olhos se apresentam.

3 – O tamanho dos dedos

Uma pesquisa que também apoia a importância da aparência revelou que existe uma pequena relação entre os dedos e o tamanho do pênis de um homem. O estudo foi feito com homens de origem asiática e aponta que também há indícios de que os dedos inclusive podem revelar se o homem poderá ou não ter disposição para o câncer de próstata.

Para chegar a tal conclusão, foram analisados o comprimento dos dedos de 1500 homens com câncer de próstata e 3 mil saudáveis, ao longo de 15 anos. Os resultados mostraram que os homens que tinham dedos indicadores do mesmo tamanho ou um pouco maior que os dedos anelares tinham mais de 30% de chance de não desenvolverem a doença.

2 – A altura e as doenças

De acordo com informações do Independent, vários estudos da área mostraram que o hormônio do crescimento é fundamental na prevenção de doenças, principalmente as cardíacas. Logo, pessoas mais altas – teoricamente – seriam mais saudáveis e com menos predisposições às doenças do que as de menor estatura.

1 – Seu rosto pode sentenciá-lo a morte

Um estudo norte-americano publicado em julho mostrou a cerca de 200 pessoas algumas fotografias de homens no corredor da morte na Flórida e pediu que elas avaliassem sua confiabilidade.

Aqueles que foram classificados como tendo rostos de aparência não confiável eram mais propensos a serem condenados à morte, descobriram os pesquisadores. Mais informações sobre a pesquisa, no entanto, foi esse fato: os participantes do estudo também tendiam a classificar os condenados da linha da morte que foram mais tarde exonerados como menos confiáveis do que aqueles que foram eventualmente condenados. Embora não possamos dizer que ter um rosto não confiável causou que todos esses homens obtivessem a sentença de morte, a descoberta ainda é perturbadora. [Independent]



Fonte: Mistérios do Mundo