Eclipse solar que assombrará a Terra com um “Sol Negro” ocorrerá hoje. Veja como ver


Nessa segunda-feira, dia 21 de Agosto de 2017, ocorrerá um eclipse solar completo, mais conhecido como “Sol Negro”, que poderá ser visto pelas Américas em diferentes horários. O fenômeno tem chamado a atenção pelo fato de ter sido considerado o que terá a melhor visibilidade, sendo que a última vez que um eclipse completo como esse ocorreu foi em 1918, apesar de em 1991 ter ocorrido um evento semelhante.

As sombras produzidas serão capazes de produzir cerca de 110 km de largura, sendo visíveis em vários países das Américas. Por estarmos ainda no inverno, o evento será melhor visível nos Estados Unidos, mas mesmo assim conseguiremos vislumbrar o fenômeno no Brasil.

Estima-se que o próximo evento desse tipo ocorra por volta de Agosto de 2045, o que faz o eclipse ser um evento tão esperado. A seguir elaboramos uma lista sobre como será a visibilidade em cada local e seus respectivos horários:

Atenção: Proteja-se, evitando olhar diretamente para o Sol no período – caso resolva fazê-lo, opte por um par de óculos capaz de bloquear a luz infravermelha.

Alagoas

23,75% do sol poderão ser visto no dia, sendo em Maceió o ponto mais adequado para observar o fenômeno, entre 16h29min a 17h57min.

Amapá

A visibilidade será em 40,99% sendo o fenômeno visível entre as 16h09min às 18h03min.

Amazonas

Em Manaus o eclipse começará às 16h12min e possivelmente terminará às 17h56min. O sol coberto poderá ser visto em até 21,26% no céu.

Bahia

12,70% da cobertura do sol serão visíveis na Bahia por volta das 16h39min às 17h52min.

Ceará

40,55% do sol serão cobertos pela lua na cidade de Fortaleza das 16h20min às 18h02min. Fortaleza é o segundo ponto mais estratégico para observações do fenômeno.

Distrito Federal

Apenas cerca de 2% da cobertura do sol poderá ser vista em torno das 16h55min às 17h39min.

Goiás

Em Goiânia apenas 0,48% da cobertura do sol poderá ser vista, entre as 17h03min às 17h31min.

Maranhão

Com 38,26% de visualização do fenômeno, o eclipse ocorrerá das 16h17min às 18h03min.

Mato Grosso

Cerca de 10% da cobertura do sol serão poderão ser vistos entre 16h35min e 17h30min.

Minas Gerais

Apenas 2,25% da cobertura do sol poderão ser vistos em Montes Claros, das 16h55min às 17h39min.

Pará

Iniciando às 16h13min e terminando às 18h03min em Belém, cerca de 38,90% de cobertura do sol fará da observação uma das mais altas porcentagens da lista.

Paraíba

A visualização do evento será de 32,19%, das 16h26min às 18h00min em João Pessoa.

Pernambuco

Em Petrolina o eclipse começará às 16h31min e terminará às 17h58min. 21,21% do sol coberto serão visíveis no céu do local, porém sobre Recife não há informações sobre a qualidade da visibilidade.

Piauí

Em Teresina 32,43% do sol coberto serão vistos das 16h22min às 18h02min.

Rio Grande do Norte

Em Natal o fenômeno se iniciará às 16h23min e termina às 18h01min. Estima-se que 36,39% do sol coberto sejam visíveis.

Rondônia

Em Porto Velho apenas 4,24% da totalidade do eclipse será visível, das 15h55min às 17h58min.

Sergipe

Em Sergipe o início do eclipse se dará por volta de 16h34min e terminará às 17h56min. Estima-se que cerca de 19,15% do evento será visível.

 

Tocantins

Em Palmas o evento começará às 16h35min, terminando às 17:54. O sol será coberto em cerca de 12,87% de seu tamanho total.

Em Vitória, Cuiabá, Campo Grande, Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo, Florianópolis e Porto Alegre o fenômeno NÃO será visível. Mas você pode vislumbrá-lo através de transmissões online.

Acesse a página Climatologia Geográfica para acompanhar a transmissão deste fenômeno raro em tempo real.

[Climatologia Geográfica][NASA][Vix]



Fonte: Mistérios do Mundo