Em 12 meses, número de desocupados em MS subiu 8,9% e chega a 123 mil pessoas


    128 mil pessoas estão desocupadas em MS, diz IBGE Foto: MS Econômico

    O IBGE contabilizou 123 mil desocupados em Mato Grosso do Sul. Os dados são do PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio) Contínua, divulgados essa semana, e mostram que entre o segundo trimestre de 2016 e o mesmo período de 2017, 28 mil pessoas entraram para o grupo que está em busca de emprego.

    O número chega a 8,9% da população. Não houve variação significativa dos números se comparados ao primeiro trimestre deste ano. No entanto, os três primeiros meses deste ano registraram 9,8% de desocupação, sendo o maior desde o segundo trimestre de 2014, quando o índice estava em 3,9%.

    (Gráfico mostra evolução do nível de desocupação no mercado de MS – Reprodução IBGE)

    O nível de ocupação da população está estimado pelo instituto em 59,8%, que representa 1.260 mil pessoas.

    Trabalhadores com carteira assinada somam 479 mil pessoas. No mercado informal, são estimados 137 mil trabalhadores. Em ambas as situações, o cenário pouco se alterou em relação ao primeiro trimestre de 2017.

    Geração de vagas

    No acumulado de janeiro a julho deste ano, foram registradas 2.444 novas vagas de emprego, segundo o Caged divulgado também essa semana. Apesar do número positivo, houve fechamento de 1.827 empregos formais em julho.

    Entre os setores da economia, o destaque foi para o agronegócio, responsável pela criação de 2.223 postos. Transporte e Comunicação tiveram 1.096 novas vagas e Administração de Imóveis teve 1.088 nova vagas.


    Fonte: Topmidianews.com.br