Essas são as 7 coisas bizarras que acontecerão no dia do Eclipse Solar de hoje


No dia de hoje, 21 de agosto de 2017, haverá um eclipse total de luz do sol em uma faixa dos Estados Unidos e parcial em uma grande parte da América e da Europa.

Atenção: Não perca a transmissão ao vivo do Eclipse Solar disponível no Climatologia Geográfica. Acesse a transmissão através deste link.

Um eclipse solar total combina um fascínio duplo: por um lado, é visualmente um espetáculo astronômico incomparável, abundante em diferentes fenômenos ópticos esteticamente sublimes e, por outro lado, é um evento que ainda gera uma espécie de pânico nas pessoas, já que historicamente, os eclipses foram temidos pelos reis, sendo um “símbolo da morte” na Idade Média.

Mas longe disso, a seguir iremos apresentar 7 coisas bizarras que acontecerão no dia do eclipse solar de 21 de agosto – veja e prepare-se, pois esses fenômenos são completamente comuns durante um eclipse:

7 – Minissóis

Durante a fase parcial do eclipse, um fenômeno bastante peculiar muito interessante poderá ser visto: inúmeras imagens do sol poderão ser refletidas pelas folhas das árvores, gerando espécies de minissóis no chão. Isso ocorre porque as folhas produzem um efeito semelhante a uma câmera pinhole, sendo essa a forma mais segura de você avistar o eclipse sem danificar os olhos.

6 – Mudança busca na temperatura 

Algumas regiões do hemisfério norte podem registrar temperaturas de cerca de 6 graus célsius, o que não é visivelmente um bom sinal, já que a época é de verão por lá. Por isso, muitos animais ficarão confusos, voarão em bandos para outras áreas e mostrarão-se desorientados.

5 – O Anel de Diamante da Lua

Esse fenômeno magnífico ocorre quando a Lua está totalmente centralizada quase cobrindo por completo o sol.  A borda em volta formada pela luz solar ainda incidente provoca esse lindo fenômeno, que vale a pena ser apreciado.

4 – Observações de outros astros

Imagem ilustrativa

 

Estrelas e planetas podem ser observados ao mesmo tempo durante esse espetáculo. Vênus e Mercúrio serão visíveis, sendo Vênus o mais brilhante e, de maneira incomum, você verá Mercúrio, um pequeno ponto que geralmente é velado pelo brilho do Sol. Marte e Júpiter também aparecerão. E Sírius, a estrela mais brilhante do céu, poderá ser vista a sudoeste do Sol.

3 – Visualizações do campo magnético do Sol

Também quando a Lua está totalmente centralizada, quase cobrindo parcialmente o sol, ocorre o esperado vislumbre do campo magnético do astro, que inclusive pode ser visto a olho nu.

2 – Fenômenos exclusivos

Os cientistas também visualizarão erupções chamadas prominências, que brilham como belos rubis vermelhos e não podem ser observadas em outro momento.

O fenômeno “pérolas Baily”, que são manchas brilhantes que aparecem ao redor da Lua antes e depois do eclipse, causadas pela luz solar que brilha nas montanhas e vales da Lua, também poderá ser apreciado.

1 – Um possível caos

Como mencionado sobre as consequências da mudança na temperatura, você poderá se deparar ou com um silêncio mortal ou com um completo caos de morcegos e pássaros, cachorros latindo do nada e vários tipos de manifestações apocalípticas características de um eclipse solar.

Fora outros detalhes como engarrafamentos extensos, principalmente devido às pessoas que acabam indo para os mesmos locais nas mesmas horas em busca dos pontos mais escuros e as notícias no rádio que associam o fenômeno ao fim do mundo.

Portanto, prepare-se para o que há por vir!

[Pijama Surf]



Fonte: Mistérios do Mundo