Casal é suspeito de ameaçar professora de morte na fronteira; polícia investiga o caso


    Professora deixou de dar aula temendo agressões Foto: Pora News

    Um casal de brasileiros, já identificado pela polícia, é suspeito de ameaçar uma professora da Escola Parroquial Perpétuo Socorro, em Pedro Juan Caballero. O motivo seria uma suposta agressão de uma professora ao filho deles.

    O caso já está nas mãos da Comissaria de Polícia em Pedro Juan e deverá ser investigada por agentes da Divisão de Homicídios da Polícia Nacional do Paraguai.

    de acordo com o Porã News, a escola citada é coordenada por padres redentoristas. A professora teria deixado de dar aula por temer violência vinda dos pais do garoto.

    Embora a polícia já tenha a identificação, a identidade dos suspeitos não foi divulgada.


    Fonte: Topmidianews.com.br