Caso Wesner: testemunhas de acusação depõem ao juiz nesta terça-feira


    Mãe do Wesner pede punição aos dois acusados Foto: TopMidiaNews

    Testemunhas de acusação do caso do garoto Wesner Moreira da Silva,17, morto após ser torturado com um compressor de ar no ânus, vão depor à Justiça, nesta terça-feira (5), no Fórum de Campo Grande.

    O depoimento das pessoas selecionadas pelo Ministério Público Estadual está marcado para às 14h30. É a primeira audiência do caso, que chocou a população de Campo Grande.

    Defesa

    A audiência com testemunhas selecionadas pela defesa dos dois acusados de assassinar Wesner acontece no dia 2 de outubro, às 14 horas, no Fórum, em Campo Grande.

    O crime

    No dia 3 de fevereiro deste ano, Thiago Giovanni Demarco Sena,20, dono do lava jato e o funcionário Willian Henrique Larrea,31, seguraram Wesner e enfiaram a mangueira de um compressor no ânus da vítima, lhe causando ferimentos internos graves. Wesner ficou uma semana no hospital, mas não resistiu às complicações do ferimento e morreu.

    Os dois acusados disseram que tudo foi uma brincadeira e não tinham intenção de matar a vítima. O caso foi classificado como crime contra a vida e a decisão cabe ao júri popular.


    Fonte: Topmidianews.com.br