PGR apresenta nova denúncia contra Lula e Dilma ao STF


    Foto: Lula Marques/Agência PT

    A Procuradoria Geral da República (PGR) voltou a denunciar os ex-presidentes Dilma Rousseff e Luiz Inácio Lula da Silva, um dia após denunciar ambos por organização criminosa. Dessa vez, a acusação é pelo crime de obstrução de justiça, e se refere ao episódio em que Dilma nomeou Lula como ministro da Casa Civil.

    O ex-ministro Aloizio Mercadante igualmente foi denunciado, o crime supostamente cometido por Mercadante por ter realizado um telefonema para o ex-senador Delcídio do Amaral, com o intuito de tratar da delação premiada dele.

    Mesmo sem nenhum dos nomes citados na denúncia possuírem foro privilegiado, a PGR diz que o caso tem que ficar por conta do Supremo uma vez que tem relação com a denúncia apresentada na última terça-feira (5) sobre organização criminosa envolvendo a cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT).

    A denúncia será analisada pelo ministro Luiz Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF. Cabe a Fachin, igualmente, notificar os acusados para que apresentem a defesa, e só então levar o caso para a segunda turma do Supremo, onde será decidido se os acusados viram ou não réus na Operação Lava Jato.


    Fonte: Topmidianews.com.br