O prefeito de União dos Palmares, Areski “Kil” Freitas, anunciou a exoneração de todos os comissionados do município através de uma transmissão ao vivo no Facebook na noite dessa sexta-feira (08). Segundo o gestor, a medida foi tomada para reduzir custos.

Segundo Kil, União tem passado por dificuldades econômicas e desde abril a receita do município está diminuindo, deixando alguns funcionários há três meses sem salários. “Não é fácil para um gestor saber que tem gente trabalhando na prefeitura sem receber. Estávamos aguentando até hoje porque havia expectativa de melhorar a receita, de entrar dinheiro da repatriação e até de entrar recursos pela venda da folha do município para a Caixa Econômica, mas já vimos que nada disso vai acontecer”, explicou.

O prefeito afirmou que começou a receber recursos federais e estaduais, com ajuda do governador Renan Filho, mas que a previsão para setembro e outubro é a pior possível. “Não tenho mais como esperar. Apesar de não querer, vou ter que fazer redução de custos, e redução de custos é demissão. É tirar as pessoas que estão trabalhando e não estão recebendo, porque é melhor que elas esperem para receber o dinheiro que a prefeitura está devendo do que ficarem gerando mais despesas nesses dois, três meses, porque a situação não vai melhorar”, disse.

A medida, de acordo com o anúncio do gestor, passa a valer de segunda feira. “Estamos exonerando todos os comissionados e tirando todos os contratos da prefeitura, para que, a partir de segunda-feira, só permaneçam os secretários, porque é preciso para gerenciar e comandar as pastas, e os serviços essenciais, para que a prefeitura não pare de vez”, afirmou Kil.

Confira a transmissão do prefeito de União dos Palmares na íntegra:

Fonte: TNH1