O Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) faz um apelo ao governador Renan Filho, que nomeie a reserva técnica da Polícia Civil para amenizar o déficit de mais de três mil policiais civis, contribuindo, assim, com a elucidação da criminalidade.

 Recentemente, a Procuradoria Geral do Estado opinou pela impossibilidade de provimento dos cargos pleiteados, justificando que o concurso público não possui previsão de cadastro de reserva. A Procuradoria encaminhou o processo para decisão do governador.

 O presidente do Sindpol, Ricardo Nazário, destaca que o governo do Estado deve sim chamar a reserva técnica da Polícia Civil por conta do alto déficit de policiais. “É de suma importância à nomeação urgente dos candidatos aprovados, pois eles somarão nos trabalhos da Polícia Civil na elucidação dos crimes, que vêm aumentando no Estado”.

Comentários