300 mil pessoas assinaram petição contra auxílio-moradia


Já são mais de 300 mil pessoas que assinaram a petição que estamos apoiando contra o auxílio-moradia não apenas ao Judiciário, mas Executivo e Legislativo.

Centrada nos juízes, a proibição estava para ver votada no Supremo Tribunal Federal. Mas, na última hora, foi jogada para a Advocacia Geral da União ( AGU) que, depois de discutir por 3 meses, decidiu: o auxílio-moradia é ilegal.

O auxílio-moradia pago a juízes, desembargadores, procuradores e promotores já custou R$ 5,4 bilhões aos cofres

Para  apoiar abaixo-assinado, basta clicar aqui –Para assinar, basta clicar aqui

Catraca Livre considera essa questão simbólica. Afinal, cabe aos juízes serem os primeiros a respeitar  a lei. O auxílio-moradia é capaz de desmoralizar todo o poder Judiciário diante da opinião pública, enfraquecendo um dos principais pilares da democracia.





Fonte: Catraca Livre