Antonia Fontenelle é excluída da herança de Marcos Paulo e fala em perseguição


O Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou o reconhecimento de Antonia Fontenelle como herdeira de Marcos Paulo, falecido em 2012 após uma embolia pulmonar.

A exclusão da atriz da herança foi feita pela ministra Maria Isabel Galloti nesta segunda-feira (4).

Horas depois, Antonia publicou um vídeo desabafando no Instagram. “A ministra não me reconheceu como herdeira, mas vamos recorrer ao colegiado. Ainda faltam quatro ministros. Mas, disso tudo, o que me deixa absurdamente triste é esse sentimento de perseguição. Eu me sinto muito perseguida por mulheres. E isso é uma sensação tão ruim. Mas eu ainda acredito na Justiça. Eu tenho certeza que nem todos os ministros pensam igual a senhora, ministra. Porque naquela pilha de documentos que a senhora leu, a senhora sabe muito bem que eu fui esposa do Marcos Paulo. Então, como mulher, essa decisão é inadmissível”, bradou.

Antonia Fontenelle e Marcos Paulo ficaram juntos por seis anos e, antes de sua morte, o diretor deixou uma carta garantindo que a mulher teria direito a 60% de seus bens e investimentos. Porém, o documento não foi reconhecido em cartório e é passível de discussão. A herança é avaliada em R$ 30 milhões.

Em agosto de 2017, Antonia foi reconhecida como herdeira de Marcos Paulo em instância inferior. Depois, a disputa foi parar no STJ, onde teve essa decisão e agora passará ao colegiado.

Marcos Paulo teve três filhas, de seus relacionamentos com Tina Serina, Renata Sorrah e Flávia Alessandra. A filha do primeiro casamento não participa do processo.


Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!





Fonte: Na Telinha / UOL