Ex-genro de Courtney Love acusa astro de “13 Reasons Why” de tentativa de homicídio


Ross Butler, um dos astros da série “13 Reasons Why“, está sendo processado por Isaiah Silva, ex-marido de Frances Bean Cobain, filha do líder e vocalista do Nirvana, o saudoso Kurt Cobain.

De acordo com a vítima, sua ex-sogra, Courtney Love, foi quem bolou o plano e envolveu não só o ator de 28 anos, intérprete do personagem Zach Dempsey na produção da Netflix, mas também Sam Lufti, ex-empresário de Britney Spears e atual empresário dela, e o detetive John Nazarian.

Segundo informações do Hollywood Life, o trio invadiu a casa de Silva em junho de 2016 com a intenção de roubar o violão usado por Kurt Cobain no acústico MTV da banda, gravado em 1994.

O instrumento da marca Martin D-18E de 1959 estava sendo disputado no processo de separação entre Isaiah Silva e Frances Bean Cobain, mas acabou ficando de posse dele por decisão da Justiça.

Durante a ação, o rapaz quase foi assassinado. Além de sequestrado, Silva sofreu agressão sexual e roubo. Sua mãe também teria sido machucada pelos invasores. O site TMZ teve acesso ao depoimento afirmando, ainda, que os três acusados se fizeram passar por policiais para entrar na casa.

Em entrevista antiga para a revista Vulture, Ross Butler revelou ter conhecido Courtney Love por meio de um amigo, empresário da cantora. “Nos demos muito bem. Ela é muito educada, como uma enciclopédia ambulante. Ela decidiu me manter por perto e tem sido minha mentora e irmã mais velha desde então”, disse.


Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!





Fonte: Na Telinha / UOL