Moto vence Fluminense de Feira e fica perto das oitavas da Série D


O clube maranhense pode até perder por um gol de diferença para carimbar a classificação

por Agência Futebol Interior


Feira de Santana, BA, 03 (AFI) – O Moto Club colocou um pé nas oitavas de final do Campeonato Brasileiro da Série D ao derrotar o Fluminense de Feira, em plena Joia da Princesa, pela partida de ida da Segunda Fase. Os gols foram marcados por Chico Bala e Márcio Diogo.

Com o resultado, o Moto Club pode perder por até um gol de diferença para carimbar a vaga, em partida marcada para o próximo domingo, às 15h30, no Estádio Nhozinho Santos, em São Luis (MA). Em caso de triunfo por 2 a 0, o Fluminense levará a partida para os pênaltis.

O JOGO
O Fluminense começou o jogo pressionando o Moto Club e desperdiçou uma grande chance de abrir o marcador aos 21 minutos. Deysinho recebeu na segunda trave e cabeceou pela linha de fundo. A resposta veio com Ricardo Maranhão, que parou no goleiro Andrey.

Moto Club está perto das oitavas da Série D

Moto Club está perto das oitavas da Série D

O time maranhense cresceu no final e abriu o placar antes do apito do árbitro. Aos 43 minutos, Márcio Diogo partiu em velocidade e cruzou na medida para Chico Bala. O atacante invadiu a área e soltou o pé para estudar as redes do Joia da Princesa.

PERTO DAS OITAVAS
O Moto Club voltou ainda mais ligado para o segundo tempo.Aos quatro minutos, Márcio Diogo aproveitou a sobra para fazer 2 a 0.

A situação do Fluminense se complicou ainda mais aos 28 minutos. Raniele fez falta dura e acabou expulso. Com um a menos, o time baiano não conseguiu esboçar força para reagir. O Moto, então, apenas administrou o resultado para selar a vitória.

Fluminense de Feira-BA

Andrey;
João Carlos (Maranhão), Ranieri, Eduardo Júnior e Roger (Edson);
Diego Aragão, Deysinho, Moreilândia e Jailson;
Ermínio (Bambam) e Levi

Técnico: Evandro Guimarães

Moto Club-MA

Rodrigo Ramos;
Diego Renan, Ramon, Wanderson e Chico Bala;
Rafael Santos, Doda, Marcio Diogo (Naoh) e Everlan (Azul);
Ricardo Maranhão e Vitor Salvador (Sandro Babacal)

Técnico: Luis Miguel Oliveira

 

 








Fonte: FutebolInterior