Em “Onde Nascem os Fortes“, destruir Pedro Gouveia (Alexandre Nero) parece ser o grande plano do juiz Ramiro (Fabio Assunção). E usar a mãe de Plínio (Enrique Diaz) como laranja na compra de uma das fábricas de bentonita do Rei de Sertão é só uma parte dele.

Com dívidas descobertas por Valquíria (Carla Salle), o empresário se viu obrigado a por à venda uma de suas unidades. Sem pestanejar, Ramiro fez uma oferta pelo negócio, usando a parente do delegado, seu cúmplice na armação.

No capítulo que vai ao ar nesta quinta-feira (21), Pedro e Ramiro ficam frente a frente quando ele aparece para assinar o contrato de compra. A chegada do juiz, no entanto, não surpreende o Rei de Sertão.

Já ciente que o rival está por trás da proposta, Pedro arma para ele. Após uma conversa cheia de ataques velados, ele entrega a pasta com o suposto documento. Qual não é a surpresa de Ramiro quando, dentro dela, encontra só um papel com uma ofensa a ele. A atitude de Pedro irrita o juiz e os dois se agridem.


Para comentar na página você deve estar logado com seu perfil no Facebook. Este espaço visa promover um debate sobre o assunto tratado na matéria. Comentários com tons ofensivos, preconceituosos, de propaganda e que firam a ética e a moral podem ser deletados. Participe!





Fonte: Na Telinha / UOL