Frustrante ou positivo? Cruzeiro tem mercado agitado e ‘fico’ importante


Neste período de recesso, muito se esperava da janela de transferências do Cruzeiro, desde possíveis baixas à badaladas chegadas. Contudo, pouco aconteceu do que se tinha de expectativa e especulação envolvendo o clube mineiro.

Como destaca o ​UOL Esportes, o interesse celeste em repatriar Ricardo Goulart esteve em vias de ser sacramentado, mas não vingou devido aos entraves impostos pelo Guangzhou Evergrande, da China. Pedro Rocha, ex-Grêmio, também foi especulado como possível reforço, animando a torcida celeste. Contudo, a negociação parece ter esfriado.

Mas nem tudo foi frustração na Toca da Raposa. Após semanas de conversas, a diretoria do clube conseguiu renovar o vínculo de empréstimo de Lucas Silva, junto ao Real Madrid. Além disso, uma das baixas consideradas ‘certas’ pós-Copa ainda não se concretizou: De Arrascaeta. Sem propostas vantajosas, ​o uruguaio pode acabar permanecendo em Minas.

Precisando reforçar urgentemente o seu setor ofensivo, prejudicado pelas inúmeras baixas por lesão, ​a diretoria celeste anunciou o veterano centroavante Hernán Barcos, de 34 anos.

​​





Fonte: 90min