Eleições 2018: aplicativo que acessa boletins de urnas está disponível para download

Aplicativo Boletim Na Mão já está disponível para download.

O TRE Alagoas informa que já está disponível para download gratuito o aplicativo Boletim na Mão, ferramenta digital criada para qualquer acessar o boletim das urnas e assim dar mais transparência ao resultado da votação, por seção eleitoral.

Ainda de acordo com o TRE, o aplicativo Boletim Na Mão permite que qualquer cidadão acesse, de forma rápida, segura e simples, as informações contidas no boletim que será impresso em cada urna após o encerramento da votação, documento que também é afixados em quadros de avisos nas seções eleitorais.

O Boletim na Mão utiliza a tecnologia QR Code, um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que possuem câmera fotográfica.

“Nossa expectativa é que o aplicativo seja utilizado por um grande número de eleitores, especialmente aqueles que ainda questionam a segurança do voto nas urnas eletrônicas. Também esperamos que os cidadãos participem mais ativamente do processo de apuração da votação nas seções eleitorais”, afirmou o secretário de Tecnologia da Informação do Tribunal Regional Eleitoral de Alagoas (TRE/AL), Henrique Méro.

O aplicativo foi desenvolvido por técnicos do Tribunal Regional Eleitoral do Acre (TRE/AC) e foi amplamente testado por servidores do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Após o encerramento da votação, a urna eletrônica imprime um relatório que contém o total de votos recebidos pelos candidatos e outras informações da seção. Esse relatório é chamado de boletim de urna.

Utilizando o Boletim na Mão, o eleitor poderá comparar os boletins que coletou com os boletins de urna recebidos no sistema de totalização, que serão divulgados na página eletrônica do TSE três dias após as eleições no 1º e 2º turnos. 


Para a leitura do código impresso, não é necessária a conexão com a internet, sendo obrigatória apenas na primeira visualização de boletim de urna por município, pois nesse momento depende de dados (lista de candidatos) disponibilizados no TSE para possibilitar a visualização da imagem.

A partir deste momento, o aplicativo não requer acesso à internet para visualizar os demais boletins no mesmo município.

Fonte TRE Alagoas