Pesquisas mostram crescimento de Bolsonaro

Candidato lidera rejeição entre o eleitorado brasileiro. Foto: Sérgio Lima

Pesquisas realizadas em parceria entre o Instituto DataFolha e a TV Globo mostram o crescimento de Jair Bolsonaro. O salto do candidato no quesito REJEIÇÃO é impressionante, mais de 40% dos entrevistados no quesito mais temido por políticos em campanha: não voto em você de jeito nenhum.

Segundo dados do primeiro levantamento, realizado entre 20 e 21 de agosto, o candidato do PSL já era rejeitado por 39% dos entrevistados na consulta realizada em 313 municípios, sendo 8.433 pessoas entrevistadas, conforme divulgação da pesquisa.

Líder em rejeição entre a maioria do eleitorado brasileira, Bolsonaro avançou para 43% nas respostas dos que afirmam não votar nele nunca, segundo a pesquisa DataFolha/TV Globo de 10 de setembro, depois da facada no candidato. Neste levantamento, 2.804 pessoas foram ouvidas em 107 municípios.

Com nível de confiança em 95%, as pesquisas apontam ainda que o apoio ao candidato passou dos 22% para 26%. Considerando que a margem de erro das consultas é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, há pouca diferença entre os levantamentos, sinalizando que Bolsonaro atingiu seu patamar de eleitores.

A alta rejeição ao candidato da extrema direita também aparece na pesquisa da MDA/CNT, realizada entre 12 e 15 de setembro em 137 municípios brasileiros. Bolsonaro tem 51% de rejeição no total, percentual que cresce entre os jovens (55%) e praticamente se iguala entre as mulheres (49%) e tem o mesmo índice entre as pessoas que vivem na região Nordeste (51%).