Sem qualquer explicação, Whatsapp bloqueou o telefone de Flávio Bolsonaro.

Uma coisa nunca vista no Brasil e talvez no mundo. O senador eleito, Flávio Bolsonaro, filho do candidato a presidente do Brasil, Jair Messias Bolsonaro, foi surpreendido com uma mensagem em seu telefone no aplicativo de mensagens, Whatsapp, onde o mesmo foi informado nesta sexta-feira, 19 de outubro, estar banido.

A denúncia de censura por parte da empresa americana foi feita pelo próprio político em seu perfil no Twitter.

Seguido da imagem, o eleito senador da república concluiu com uma mensagem:

A perseguição não tem limites!
Meu WhatsApp, com milhares de grupos, foi banido DO NADA, sem nenhuma explicação!
Exijo uma resposta oficial da plataforma.

Como dissemos anteriormente, nenhum aviso prévio foi feito pela empresa, nem tão pouco uma nota após esta ação.

Ainda nesta quinta-feira, o PSOL anunciou que iria entrar na justiça para que o Whatsapp fosse bloqueado em todo o país até que encerrasse as eleições no segundo turno, dia 28 de outubro.