Carmen (Christiane Torloni) e Dom Sabino (Edson Celulari) de O Tempo Nao Para
Carmen (Christiane Torloni) e Dom Sabino (Edson Celulari) de O Tempo Não Para (Divulgação/TV Globo)

Nos próximos capítulos de O Tempo Não Para, Carmen (Christiane Torloni) declarará a Dom Sabino (Edson Celulari), que seu ex, Livaldo (Nelson Freitas), era um homem viciado em jogo, e, que foi por causa disso, que ela pediu para ele se afastar de seu filho pequeno, no caso, Samuca (Nicolas Prattes).

“Com que então Livaldo quis voltar e você o impediu?… E ainda pagou para que ele ficasse longe do filho?!”, dirá Dom Sabino, meio que assustado. “Filho que ele abandonou, né?… Que eu criei sozinha!… Isso já tem alguns anos, e eu não me orgulho de ter feito o que fiz… mas foi pra defender o Samuca… Uma mãe faz qualquer coisa pra proteger um filho”, relatará Carmen, com determinação na fala.

Veja também: Mariacarla declara guerra a Samuca, em O Tempo Não Para, na Globo

Dom Sabino questionará a amada, se o seu ex, alegava arrependimento em relação as ‘burradas’ que ele cometeu no passado. “Decerto…Mas o que ele alegava ao retornar?… Arrependimento?”, pontuará Sabino Machado, com delicadeza no olhar.

Livaldo, safado!

Carmen relatará a Sabino, que Livaldo, sempre foi um homem sem caráter, o famoso malandro. “Alegava de tudo… Livaldo é um homem charmoso e sedutor, mas é um mau caráter… além de jogador compulsivo… Eu dei uma bolada pra ele sumir e nunca mais ouvi falar dele”, concluirá Carmen, sem arrependimento.

“Cáspite… Um homem que aceita dinheiro de uma mulher para deixar o próprio filho”, sentenciará Sabino, meio que incomodado. Mas Carmen revelará, que mesmo sem caráter, Livaldo é o pai biológico de seu único filho. “Esse, infelizmente, é o pai do meu filho. Eu entendi que o Samuca precisa acertar as contas com o pai… Encerrar de vez esse assunto na vida dele”, finalizará Carmen, com segurança e alívio na fala. Na tensão dos dois.

O Tempo Não Para é uma novela escrita por Mario Teixeira, com colaboração de Bíbi Da Pieve, Marcos Lazarini e Tarcísio Lara Puiati, com direção artística de Leonardo Nogueira e direção geral de Marcelo Travesso e Adriano Melo.



Fonte: Observatório da TV