Programa do Porchat recebe Nadja Pessoa, expulsa de A Fazenda
Programa do Porchat recebeu Nadja Pessoa, expulsa de A Fazenda (Divulgação/ Record TV)

Na noite de ontem (08), o Programa do Porchat registrou a melhor audiência desde a estreia. A atração da Record TV consolidou o primeiro lugar em sua média total, sendo o talk show mais visto do ano.

Veja também: Mayra Cardi surge de fio-dental, três semanas após dar à luz

A edição contou a presença de Nadja Pessoa, expulsa do reality A Fazenda 10, e do seu marido Vinicius D´Black. Na faixa de 0h16 às 1h11, o talk show marcou média de 9,9 pontos, pico de 12 pontos e share de 26%. O registro foi feito na Grande São Paulo.

No Rio de Janeiro, o programa de Fábio Porchat também bateu recorde de audiência do ano.  Foram 8,3 pontos de média, pico de 10 pontos e share de 21%.

A segunda colocada, que exibia um humorístico e outro talk show, marcou média de 8,6 pontos. A terceira colocada, que exibia um programa musical e um jornalístico, marcou média de 8,1 pontos.

Confira outras audiências da Record TV na quinta (08)

Hoje em Dia – das 10h às 11h59

SP – 56pontos de média, pico de 7 pontos e share de 16%

RJ- 7 pontos de média, pico de 8 pontos e share de 19%

Cidade Alerta – das 16h45 às 19h55

12 pontos de média, pico de 16 pontos e share de 20%

Balanço Geral – das 12h às 15h01

10 pontos de média, pico de 12 pontos e share de 23%

A Hora da Venenosa – entre 14h08 e 15h01

11,4 pontos de média, pico de 12 pontos e share de 25%

Novela Luz do Sol – das 15h02 às 15h53

SP – 8 pontos de média, pico de 9 pontos e share de 16%

RJ – 7,9 pontos de média, 9 pontos de pico e share de 15%

Novela Essas Mulheres – 15h53 às 16h45

6 pontos de média, pico de 7 pontos e share de 13%

Novela A Terra Prometida – 19h54 às 20h45

SP – 11 pontos de média, pico de 16 pontos e share de 15%

RJ – 12 pontos de média, 15 pontos de pico e share de 17%

Novela Jesus – das 20h45 às 21h42

SP – 11 pontos de média, pico de 12 pontos e share 15%

RJ – 12 pontos de média, pico de 14 pontos e share de 16%



Fonte: Observatório da TV