Desfechos de Karola (Deborah Secco) e Laureta (Adriana Esteves) garantem suspense na reta final de “Segundo Sol” (Imagem: Divulgação / Globo)

A Rede Fuso, que a Globo mantém em vigência desde o início do horário de verão, no último domingo (4), passará por alterações nesta sexta-feira (9) para que praticamente todo país acompanhe, ao mesmo tempo, o último capítulo de “Segundo Sol”.

A mudança atenderá 12 estados que, por não adotarem a mudança no relógio, assistem a novela das 21h com atraso em relação aos telespectadores das 10 unidades federativas que seguem a hora de Brasília.

Em Alagoas, Amapá, Ceará, Maranhão, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Sergipe, Tocantins e na Bahia – onde a trama de João Emanuel Carneiro foi ambientada –, “O Tempo Não Para”, que, durante o horário de verão, é exibida após o “Jornal Nacional” por conta da Rede Fuso, será adiantada. O folhetim das 19h entra antes do noticiário, que irá “entregar” direto para “Segundo Sol”.

Desta forma, a Globo pretende evitar que o público destes 12 estados sofra com os eventuais “spoilers”, o que gerou queixas nas redes sociais, como aconteceu ano passado, com “A Força do Querer”.

O desfecho de “Segundo Sol” reserva fortes emoções. Dentre as sequências previstas para o último capítulo estão a da morte de Karola (Deborah Secco), alvejada pela própria mãe, Laureta (Adriana Esteves).

COMENTÁRIOS – Interaja Você Também! ⬇

Os comentários aqui não refletem a opinião do site e seus autores. Está opção de comentário NÃO publica automaticamente nada em seu Facebook, fique tranquilo!



Fonte: RD1.com.br