​Um tropeço do ​Atlético-MG diante do líder ​Palmeiras, neste domingo, possivelmente empurrará o time de Belo Horizonte para fora do G-6 do Campeonato Brasileiro ao término da 33ª rodada. Sem saber o que é vitória nas últimas cinco partidas, o time agora comandado por Levir Culpi tem a obrigação de conquistar os três pontos atuando no Independência. Fica a dúvida, porém, sobre qual equipe ele mandará a campo.

De torcedor para torcedor: ​clique aqui e siga o 90min no Instagram!

A volta de Luan está confirmada, e ele ocupará o lugar que foi de Matheus Galdezani (que está suspenso) no jogo do último final de semana, contra o Grêmio. Porém, o treinador mantém um ponto de interrogação no meio-campo. David Terans e Juan Cazares disputam um posto, e o escolhido será o principal responsável pela armação das jogadas.

Caso empate com o Verdão, o Galo, que está com 46 pontos e ocupa a sexta colocação, poderá ser ultrapassado por Santos, que recebe a Chapecoense na segunda-feira, e Cruzeiro, que vai a Curitiba neste sábado enfrentar o Atlético-PR – Peixe e Raposa, no momento, ficam atrás do Atlético-MG somente pelos critérios de desempate, mas o rival de Belo Horizonte não representa risco na disputa por uma vaga à Libertadores por já ter vaga assegurada em função do título da Copa do Brasil. Se perder, é possível que o Furacão, que tem 43 pontos, também ganhe posição. Neste caso, ele impediria um eventual avanço cruzeirense. O provável time: Victor; Emerson, Leonardo Silva, Iago Maidana e Fábio Santos; Adilson, Elias, David Terans (Juan Cazares) e Luan; Chará e Ricardo Oliveira.





Fonte: 90min