Neópolis registra caso de Calazar e cachorros continuam vagando pelas ruas

Ainda que tenha registrado uma morte em decorrência de Leishmaniose (Calazar), a cidade de Neópolis, na região do Baixo São Francisco sergipano convive com uma realidade preocupante: vários cachorros circulando pelo Centro da cidade, muito destes apresentado sintomas da doença.

Em contato com nossa equipe, populares relataram que chegaram a manter diálogos com os agentes municipais de edemias, mas estes expulsaram que a problemática decorre da falta de um canil e de um médico veterinário para melhor assistir a cidade. Tendo em vista, que um diagnóstico detalhado permitiria que animais contaminados fossem recolhidos.

Procuramos o Executivo, e afim de tranquilizar a população, a administração municipal informou que em seu quadro de servidores consta um veterinário, mas ao apurarmos a informação, soubemos que o trabalhador fica apenas um dia por semana no município e tem sua atuação limitada à fiscalização da venda de carne no mercado municipal, principal demanda da pasta da Edemias.

Fonte: Xodonews