Na última quinta-feira (8), o presidente do Santos, José Carlos Peres, e o treinador da equipe, Cuca, se reuniram no CT Rei Pelé com o objetivo claro de “aparar as arestas” e selar a paz entre as partes. ​De relação tumultuada e trocas de farpas públicas, mandatário e comandante tentam melhorar o relacionamento nesta reta final de temporada, para que nenhuma instabilidade atinja o elenco e os objetivos da equipe no Brasileirão.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Palmeiras v Santos - Brasileirao Series A 2018

Contudo, outro objetivo da cúpula santista com o encontro era iniciar o planejamento para 2019. Neste momento da conversa, como destaca o ​UOL Esportes, as expectativas de José Carlos Peres foram frustradas, já que Cuca foi taxativo em seu posicionamento de não pensar na próxima temporada, mantendo o mistério acerca de seu futuro na Vila Belmiro.

Perguntado sobre o tema, o comandante alvinegro reafirmou que não há planejamento futuro sem o presente, e que o foco total da comissão técnica e do grupo de jogadores precisa estar na vaga para a Libertadores 2019: Planejamos 2018. Não podemos pensar em 2019, sem saber o que vamos disputar. Eles estão pensando no futuro, mas o mais importante é o presente. Mas do que quantos jogadores vocês vão trazer, o importante é a permanência de atletas. Não adianta falar em trazer fulano e esquecer as seis decisões que temos”, afirmou.

Colecionando desentendimentos com José Carlos Peres desde sua chegada ao clube, Cuca tem se esquivado constantemente de projeções acerca de seu futuro. Recentemente, o​ treinador demonstrou insatisfação ao ficar sabendo pela imprensa que o jogo contra a Chapecoense (12/11) havia sido transferido da Vila Belmiro para o Pacaembu.

Com 46 pontos somados, o Santos é o sétimo colocado, e pode assumir vaga no G-6 já nesta rodada. Para tal, o Peixe precisa vencer seu jogo e torcer para um tropeço do Atlético-MG diante do Palmeiras. Nas contas do clube, 57 pontos garantem a sexta posição, projeção que exige uma forte campanha alvinegra na reta final: três vitórias e dois empates, em seis jogos.





Fonte: 90min