Lanus v Gremio - Copa CONMEBOL Libertadores 2017

Não é de hoje que Luan é considerado por muitos a maior estrela do futebol brasileiro.​ No final da temporada de 2016, com a taça da Copa do Brasil já garantida na prateleira do Grêmio, parecia o ápice da sua maturidade nos campos daqui. Mas ele alcançou objetivos ainda mais significativos um ano depois, ao comandar o Imortal na campanha do tricampeonato da Libertadores. Foi eleito Rei da América, com direito a gol antológico na final contra o Lanús. E aí? O céu era o limite? A Europa parecia questão de tempo. Só que não aconteceu. Por que?

Chegando aos últimos meses de 2018, o camisa 7 gremista segue no clube. As especulações nunca foram tão concretas, pra dizer a verdade. Ainda mais se falarmos de equipes de ponta do Velho Continente. Barcelona? Real Madrid? Liverpool? No máximo, o mais quente que rolou de negociação teve como principais interessados, concretos, apenas a ​Sampdoria e o Spartak Moscou. Pouco para quem é (ou era) o nº 1 do país que mais revela talentos pelo mundo.

Gremio v Atletico Tucuman - Copa CONMEBOL Libertadores 2018

São vários fatores que explicam essa aparente “falta de prestígio” do craque fora do Brasil. Um deles é puramente tático. Luan mostra dificuldade de jogar pelos lados do campo no ataque. Suas principais atuações foram como segundo atacante na aproximação ao centroavante ou algumas vezes como “falso 9”. É um posicionamento bem específico de se encaixar, já que existem outras opções mais versáteis no mercado. E é aí que vamos para o segundo fator.

Com o passar do tempo, a idade foi pesando para uma melhor análise mercadológica de seu potencial. O atleta já tem 25 anos, o que significa que o clube comprador terá que vê-lo como alguém que vai acrescentar qualidade imediatamente ao elenco e não como um investimento a longo prazo de lucro numa outra venda europeia. Some-se a isso algumas polêmicas, como o caso da CNH e algumas entrevistas temperamentais, além das poucas convocações para a Seleção (nenhuma antes do sub-23), está desenhado o panorama de grande risco para quem quer respostas imediatas como aqueles que têm a chave do cofre dos gigantes europeus.

Brazil v Germany - Final: Men's Football - Olympics: Day 15

Para finalizar, que fique claro que consideramos Luan um jogador de excelente nível técnico, de grande qualidade com a bola nos pés e até mesmo sem ela. É também um nome que já entrou para a história de um dos maiores clubes do país. Mas está cada dia mais claro que precisará rumar um caminho muito improvável para fazer sucesso lá fora. Talvez até mesmo se reinventar, aprimorar seu jogo, ganhar novas ferramentas para oferecer. Só que também já pode ser já tarde demais.



Fonte: 90min