​São nove títulos envolvidos, senso seis do Boca Juniors e três do River Plate. Só por esta informação a final da edição de 2018 da Libertadores já pode ser considerada como uma das maiores de todos os tempos. Soma-se a isso a rivalidade entre os dois maiores clubes argentinos, e o duelo que se inicia no próximo sábado acaba, definitivamente, entrando para a história. Fica, porém, uma questão: quem é o favorito para levantar a taça mais cobiçada da América do Sul?

Já segue a gente no Instagram? ​Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

O River apresenta, sem dúvida alguma, um time mais técnico, mais veloz, com mais capacidade de surpreender o adversário quando ele menos espera. Jogadores como Scocco, Quintero e Pity Martínez têm na qualidade um diferencial. E isso, com certeza, pode fazer a diferença. No entanto, do outro lado está uma equipe que não se amedronta com nada e que consegue tirar um “algo mais” quando poucos acreditam. Se não é tão qualificada, também tem peças, como o centroavante Benedetto, que também conseguem ser fundamentais.

Boca Juniors v Palmeiras - Copa CONMEBOL Libertadores 2018

Com o primeiro jogo sendo em La Bombonera, o Boca tem condições de sair em vantagem. O clube, ao longo dos tempos, já mostrou que não se importa em decidir longe dos seus domínios. Se conseguir repetir o que já fez, por exemplo, com o Grêmio em 2007, quando ganhou por 3 a 0 e foi tranquilo para Porto Alegre, dificilmente deixará escapar o caneco. Neste caso, nem precisa ser uma diferença tão grande. O lado azul e amarelo de Buenos Aires, quando sai na frente, dificilmente perde. E, sim, vejo condições disso acontecer mais uma vez. Embora a qualidade do River e a chance de fazer a partida de volta no Monumental de Nuñez, acredito, mais uma vez, que o cenário está armado para “los bosteros” saírem campeões.

River Plate v Gremio - Copa CONMEBOL Libertadores 2018





Fonte: 90min