Uma notícia inesperada agitou o futebol brasileiro na tarde desta quinta-feira (8), pegando de surpresa o atual campeão brasileiro, ​Corinthians, e gerando enorme repercussão entre torcedores e rivais nas redes sociais. Por conta de uma dívida antiga que corre há dez anos na Justiça, o clube paulista está arriscado a perder a taça do Mundial de 2012, a conquista mais importante da história do Alvinegro. 

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

FBL-ASIA-WCLUB-2012

​​De acordo com o ​Globoesporte, o juiz Luis Fernando Nardelli, da 3ª Vara Cível de São Paulo, despachou nesta quinta (8) um mandato de avaliação e penhora da taça do Mundial de Clubes, em detrimento da quitação de um débito do Corinthians junto ao Instituto Santanense de Ensino Superior, instituição que move ação contra o clube desde o ano de 2008.

Há dez anos atrás, a Universidade processou o Corinthians, alegando que o clube dificultava o acesso de alunos e funcionários ao campus que se situava no Parque São Jorge. Dois anos depois, a Justiça deu causa favorável à instituição, determinando o pagamento de indenização por parte do clube. Como o débito jamais foi quitado, o caso continuou sendo arrastado, com o Instituto Santanense buscando outras vias para recebimento do valor.

Em outras oportunidades, a instituição tentou judicialmente o bloqueio de múltiplas verbas do clube: venda do meia Rodriguinho, premiação da Copa do Brasil, etc. Todas sem sucesso, até a surpreendente decisão desta quinta (8). Caso o clube não quite a dívida junto à Universidade, o troféu vai a leilão judicial

Em entrevista concedida no CT Joaquim Grava, o presidente Andrés Sánchez falou sobre o caso em tom de deboche: Pelo menos o Corinthians tem taça de Mundial, duas, para penhorar, né? Em 48 horas vamos resolver, sem problemas, não tem mais acordo, vamos pagar e depois esperar o processo para receber nossa parte. Mas é uma ação midiática, os advogados devem torcer para outro time e fizeram isso”, esbravejou.

​​





Fonte: 90min