Duas crianças com idades de 10 e 12 anos que haviam desaparecido desde a manhã da última sexta-feira, foram encontradas na tarde desde sábado (05), no município de Piaçabuçu quando já seguiam viagem a pé com destino à capital alagoana. O resgate das crianças se deu após uma pessoa que lhes deu abrigo durante a noite, achar a situação muito estranha e acionar o Conselho Tutelar de Piaçabuçu.

Rapidamente as conselheiras Maria Cícera Chaves e Eliane Cristina Costa se deslocaram até o Povoado Bonito, onde encontrou as crianças decididas a seguir viagem para Maceió. A maior explicou para as conselheiras que decidiram fugir de casa por conta das constantes agressões que sofrem por parte da avó, uma senhora de 70 anos de idade. Ainda de acordo com as crianças a esperança era encontrar a mãe que segundo eles mora em Maceió.

Trazidas a Penedo o caso foi assumido pela conselheira plantonista Luciene Caetano (Neide do Conselho) que informou aos demais colegas de atuação na causa da Criança e do Adolescente, que o menino de 12 anos já é reincidente pelo mesmo motivo. Neide informou ainda que a avó foi notificada para prestar esclarecimentos e as crianças foram devolvidas à mesma. Nesta segunda-feira (07), o caso também será encaminhado ao Ministério Público e as crianças passarão a ser acompanhadas pelo Centro de Referência de Assistência Social (CREAS).