Nas últimas semanas, ​o Grêmio ​recusou duas ofertas do Independiente-ARG por Walter Kannemann. No entanto, de tão obstinado em contratar o atleta, a diretoria argentina mudou a abordagem e abriu tratativas com o próprio zagueiro e seus representantes

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

Walter Kannemann

Obviamente, a iniciativa não foi bem digerida pelo Tricolor Gaúcho. Contudo, o que de fato surpreendeu os dirigentes gremistas foi a aparente aproximação entre Kannemann e o clube de seu país de origem, situação que ligou um alerta nos bastidores gaúchos. Como destaca o ​UOL Esportes, a equipe brasileira já estuda uma contramedida para frear a investida do Independiente, na tentativa de assegurar a permanência de uma de suas principais estrelas atuais.

A contramedida, ao que tudo indica, será um novo aumento salarial ao zagueiro. Vale lembrar que o selecionável ganhou dois reajustes nas últimas duas temporadas: um ao final de 2017, na época do Mundial de Clubes; e outro nos meses finais de 2018, quando renovou seu contrato com o Tricolor Gaúcho até 2022.

Aos 27 anos, Kannemann é tido como um dos pilares do elenco gremista atual. Não à toa, tem um dos maiores vencimentos do grupo, ao lado do também zagueiro, Pedro Geromel. Antes das fortes investidas do Independiente, o Grêmio já havia recebido outras duas propostas pelo defensor, todas recusadas: ​Flamengo e Boca Juniors. A maior foi no valor de 6 milhões de euros, bem distante da multa rescisória de 20 milhões de euros estabelecida em contrato.





Fonte: 90min