Regina Duarte (Foto: Reprodução/Gshow)
Regina Duarte (Foto: Reprodução/Gshow)

O Vídeo Show chegou ao fim nesta sexta-feira (11) com uma edição sem muita expressão. Até o público reclamou do ‘descaso’ que a Globo teve com o último programa. Afinal, não teve nada de especial para marcar o fato.

Leia mais: Regina Duarte surpreende e se manifesta sobre ter sido defendida por Maitê Proença

Mesmo assim houve quem demonstrasse chateação por não estar presente no encerramento da atração, que ficou 35 anos no ar.

Estamos falando de Regina Duarte. Sim, a atriz veterana se expressou nas redes sociais sobre sua ausência no formato vespertino global.

Em uma postagem de Otaviano Costa no Instagram, Regina foi sincera e escreveu ‘Ah… não me chamaram’. Até o momento não teve uma resposta do apresentador para o comentário da atriz.

Leia mais: Vídeo Show chega ao fim, ignora seus 35 anos de história e internautas reclamam

Na foto que Otaviano Costa postou tinha ele, bem como toda a equipe em frente ao estúdio do “Vídeo Show”.

Vale lembrar que Costa apresentou o vespertino por cinco anos.

Apoio a Bolsonaro

O Vídeo Show sempre foi um programa que mantinha a política de boa vizinhança com todo o elenco da Globo. Com entrevistas diárias com profissionais do casting, precisava estar sempre de portas abertas a todos.

Leia mais: Joaquim Lopes fala sobre o fim do Vídeo Show: ‘Esses últimos três dias foi tudo meio que no automático’

Regina Duarte, inclusive, foi convidada para um dia no programa ao vivo. Ela foi homenageada pela atração, na qual foram relembradas diversas cenas icônicas de novelas em que participou.

Ela poderia ser uma das convidadas para o encerramento, porém, não houve um convite.

De acordo com o portal UOL, há seguidores que especulam o motivo da atriz não ter sido chamada. Alguns citam o apoio de Regina ao presente atual Jair Bolsonaro durante as campanhas presidenciais em 2018.

Postagem de Otaviano Costa e comentário de Regina Duarte (abaixo)
Postagem de Otaviano Costa e comentário de Regina Duarte (abaixo)



Fonte: Observatório da TV